Biografia

Catarinense nascida em Tubarão, Karen Rosa sempre esteve envolvida com arte desde muito nova. Na dança, como coreógrafa e bailarina autodidata, criou o grupo Street Dance e realizavam apresentações em festivais de dança e eventos, no sul de Santa Catarina. No ano de 1998, a convite de uma banda de baile tubaronense, experimentou cantar, pela primeira vez, em público. Sua dedicação à dança deu lugar aos estudos de técnica vocal e canto, experiências em palcos de bares, pubs e restaurantes da cidade.

Aos 17 anos aprendeu a tocar violão, apenas com auxílio de uma revistinha que apresentava os acordes para tocar algumas músicas. No ano seguinte, compôs sua primeira música, INCONSEQUÊNTE, que foi selecionada para participar do II FESTIVAL DE MÚSICA AUTORAL DO SESC TUBARÃO. Em 2003 a música ROUPA DE BAILE foi selecionada para a terceira edição do mesmo festival e desde então, Karen passou a realizar as apresentações covers sem abrir mão da criação. No mesmo ano, iniciou seu trabalho solo, em voz, violão e bateria eletrônica, com agenda pelas cidades de Tubarão, Laguna, Orleans, Gravatal, Balneário Camboriú, Itapema, Criciúma, Jaguaruna, Treze de Maio e Florianópolis.

Em 2005, mudou-se para Porto Alegre - RS, onde ampliou seu repertório dentro de novos projetos. Participou de shows anos 80 com a banda VINIL 80, se apresentou em lugares como o clássico Sgt Peppers e o famoso Bar Opinião,  com a banda THE ROCKTELLERS, além de trabalhos solo em eventos sociais e corporativos pelo estado.

Ainda morando em Porto Alegre, realizou shows pelo litoral catarinense principalmente durante as temporadas de verão. Foi quando conheceu um argentino, que veraneava em Garopaba e lhe convidou para fazer seu primeiro show em Buenos Aires. O convite permaneceu de pé e em 2013 o show BRISAS DO SUL reuniu mais de duzentas pessoas no Pizza Piola Palermo, com repertório que reverenciava a música brasileira.

De volta a bela Santa Catarina, em 2014, Karen seguiu tocando, cantando e compondo. Em 2017 teve a música LÁ VAI LILI (uma homenagem a seu avô, Luiz Barbosa), premiada com o primeiro lugar, na categoria solo, no PRIMEIRO FESTIVAL DE MÚSICA AUTORAL DE TUBARÃO.

Residente em Garopaba, participou de feiras e eventos culturais apresentando suas interpretações de covers junto à suas composições. A convite do Coletivo Anitas de Garopaba, criou a melodia da música ANITA, com letra de Dorval Dias. A música foi apresentada durante a visita de Anita Garibaldi (bisneta) à Garopaba e interpretada por Karen Rosa durante o plantio da Rosa de Anita, no início de 2020.